Domingo, 22 de Maio de 2022
10°

Tempo aberto

São Bernardo do Campo - SP

Saúde Saúde na Escola

Prefeitura de São Bernardo promove Programa Saúde na Escola na rede municipal

Objetivo desta etapa é orientar e avaliar os alunos dos ensinos Infantil, Fundamental e EJA sobre as boas práticas de Saúde Bucal

09/05/2022 às 19h02
Por: Redação
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Até o dia 13 de maio, a Prefeitura de São Bernardo promove o Programa Saúde na Escola (PSE), que, nesta etapa, tem como objetivo orientar e avaliar os alunos dos ensinos Infantil, Fundamental e EJA da rede municipal sobre as boas práticas de Saúde Bucal. A expectativa é atender aproximadamente 62 mil estudantes, que passam pelo processo de avaliação oral e orientação sobre temas como a técnica de escovação correta.

 

 

 

Quando detectada a necessidade de atendimento, os alunos são encaminhados para uma das 33 Unidades Básicas de Saúde (UBS), que realizam tratamento dentário básico, de urgência e desenvolvem ações de saúde bucal, para prosseguimento do tratamento. Além das UBSs, três Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) fazem a assistência odontológica dos casos mais complexos e a UPA Rudge Ramos funciona em esquema de plantão odontológico.

 

 

 

De acordo com o prefeito Orlando Morando, as ações de prevenção são fundamentais para a Saúde e, quando realizadas na escola, ganham força para a disseminação do conhecimento dentro de casa. “Quando o aluno participa destas atividades durante o horário das aulas, ele automaticamente comenta a situação com os familiares quando chega em casa e a mensagem de cuidado e prevenção chega para eles também”, relatou Morando.

 

 

 

VACINAÇÃO NAS ESCOLAS – Até o dia 31 de maio, também por meio do PSE, as crianças de 6 meses a menores de 5 anos estão sendo vacinadas nas escolas contra o Sarampo e a Influenza. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal do público infantil para estas doenças e atingir a meta de 95% de imunização, estipulada pelo Ministério da Saúde. “Com as vacinas em dia, as pessoas não correm o risco de se infectarem e de transmitirem estas doenças, por isso é tão importante estar protegido”, defendeu o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho.

 

 

 

A iniciativa prevê ainda a atualização da carteira de imunização das crianças com a vacina oral da Pólio. Para a aplicação das vacinas nas escolas é preciso que os pais assinem o termo de assentimento. Os familiares também podem acompanhar a ação, que ocorre até o dia 31 de maio, na própria unidade escolar.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários