Domingo, 22 de Maio de 2022
11°

Tempo aberto

São Bernardo do Campo - SP

Política Parque Imigrantes

Prefeito Orlando Morando autoriza início do processo de regularização fundiária do Parque Imigrantes

Intervenções integram Programa A Casa é Minha e visam ofertar titularidade dos imóveis a 2.374 famílias do bairro

01/05/2022 às 16h03
Por: Redação
Compartilhe:
Ricardo Cassin/PMSBC
Ricardo Cassin/PMSBC
Em continuidade ao Programa A Casa é Minha, maior projeto de regularização fundiária da história de São Bernardo, o prefeito Orlando Morando assinou, neste sábado (30/4), ordem de serviço para início do processo de regularização fundiária do Parque Imigrantes. Com investimento de R$ 2 milhões, a iniciativa da Prefeitura garantirá a posse definitiva dos imóveis a 2.374 famílias do bairro.

“Estamos avançando com o Programa A Casa é Minha por toda a cidade e, agora, chegou a vez do Parque Imigrantes. Vamos começar a fazer o cadastramento das famílias, o mapeamento detalhado da região para oficialização das escrituras em cartório sem qualquer custo às famílias contempladas. Finalmente esses moradores poderão ter a titularidade de seus imóveis e, com isso, segurança jurídica e dignidade”, observa o prefeito Orlando Morando.

A cerimônia de autorização do início dos trabalhos de cadastramento e mapeamento dos lotes do Parque Imigrantes foi realizada na manhã deste sábado na EMEB Professor Waldemar Canciani e contou com ampla participação popular, além das presenças do vice-prefeito Marcelo Lima, dos secretários de Habitação, João Abukater, Educação, Silvia Donnini, Segurança Urbana, Carlos Alberto dos Santos, de vereadores e lideranças comunitárias da região.

Secretário de Habitação de São Bernardo, João Abukater ressalta que se trata do início de uma jornada que trará inúmeros benefícios aos moradores do bairro, um loteamento particular que se deu no início dos anos 1970. “Nosso trabalho, sob o comando do prefeito Orlando Morando, tem sido o de melhorar a vida dos moradores sob o aspecto de garantir moradia digna e segura a todos”, diz.

EXPECTATIVA – Moradora do Parque Imigrantes há 32 anos, a dona de casa Euleia Moreira Alves, 40 anos, comenta que a regularização fundiária é a realização de sonho antigo da comunidade. Mãe de cinco filhos, ela destaca, ainda, as demais melhorias que a região vem recebendo ao longo dos últimos anos. “Já fomos contemplados com a melhora da iluminação pública, do asfalto, da locomoção por meio do transporte coletivo, ganhamos uma Arena Parque de Esportes, nossas escolas foram reformadas e, agora, vamos receber a posse dos nossos imóveis”, celebra.

A CASA É MINHA – Desde 2017, o Programa A Casa é Minha já regularizou mais de 25 mil imóveis em diversos bairros de São Bernardo, entre eles o Jardim das Orquídeas, Jardim Central, Jardim Ipanema, Jardim Nossa Senhora de Fátima, São Jorge, Jardim Cantareira, Divineia/Pantanal, Jardim Pinheirinho, Jardim Monte Sião e Parque Hawaí.

Para garantir a segurança jurídica da posse do imóvel, a Administração investiu cerca de R$ 1 mil por escritura, sem custos aos moradores. Além disso, os beneficiados têm garantido o acesso ao mercado formal de crédito e podem até comercializar suas casas ou transferi-las para seus herdeiros, entre outros benefícios.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários