Domingo, 22 de Maio de 2022
11°

Tempo aberto

São Bernardo do Campo - SP

Entretenimento Marina Ruy Barbosa

"Fofocas atrapalharam essa relação", diz Marina Ruy Barbosa sobre Bruna Marquezine

Atriz comenta que sociedade machista sempre compara mulheres, mas 'existe muito respeito' entre as duas

17/04/2022 às 19h30
Por: Redação
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Aos 26 anos, Marina Ruy Barbosa conquistou o próprio espaço na teledramaturgia e tornou-se empresária com a marca de moda Ginger. Para ela, ter começado a trabalhar aos oito anos de idade contribuiu para esse cenário.

"Amadureci cedo por causa do trabalho e acho que isso me deixou mais acelerada. Não paro", comentou em entrevista ao jornal O Globo.

Questionada sobre se acredita no fim do mito de que as mulheres são sempre rivais, uma vez que tem avançado a discussão sobre gênero, ela disse que é preciso mudar esse conceito.

 

"A gente vive numa sociedade machista e vejo muitas comparações, e sempre entre mulheres. Crescemos ouvindo que Xuxa e Angélica eram rivais. Precisamos mudar essa história. Bruna (Marquezine, atriz) e eu passamos por isso o tempo inteiro. Somos da mesma geração, começamos na TV mais ou menos juntas. Essa 'rivalidade' dá retorno, audiência em sites. E isso é tóxico para todos os lados envolvidos", respondeu.

Ela e Marquezine contracenaram juntas na novela da Globo Deus Salve o Rei, de 2018, e a ruiva diz que "existe muito respeito" entre ambas. "Eu tenho um carinho enorme por ela. Compartilhamos uma vida bastante parecida. Mas fofocas atrapalharam essa relação. No fim, é uma questão de afinidade", completou.

Outra crítica que a atriz enfrenta é sobre ser isenta quando se trata de posicionamento político. Ela reconhece essa visão e diz que prefere manter a saúde mental.

"Sei que, de alguma forma, me enxergam nesse lugar de isenta. Hoje, no entanto, tenho um olhar muito para mim, não no sentido egoísta. Mas é uma busca de autoconhecimento. Coisa em que a terapia tem me ajudado. Entendi que tenho um limite para suportar ataques nas redes sociais [...]. Não é medo de perder seguidores ou trabalho. O medo até existe, mas é um medo em relação à minha saúde mental. Não há mais espaço para errar. Um deslize e você recebe uma série de julgamentos", disse.

Atualmente, ela namora o deputado federal Guilherme Mussi, filiado a um partido que apoia o presidente Jair Bolsonaro, mas ela afirma que o líder do Executivo não a representa e prefere não comentar sobre a carreira do companheiro.

"Sem passar pano para homem porque não estou aqui para isso, há coisas infundadas sobre meu namorado. Mas não quero entrar em detalhes. É uma história dele, a política não é minha. Eu o conheço e me relaciono com o Guilherme há pouco mais de um ano. Não posso falar sobre sua carreira."

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários